https://www.google.com/maps/d/u/0/viewer?ll=-30.024280463085628%2C-51.232222839236464&z=15&mid=1dQVuDlg5m6VVF7njxHTwVjUXCL8O7mFs
 

SUSAN Mendes, RS

107.jpg

Pintura acrílica sobre papelão corrugado, 2020

TODOS SOMOS UM \ MEU LUGAR \ ESTOU AQUI

A obra 1, dialoga com o tempo, há milhões de anos, Gondwana era um super continente que unia todas as terras do Hemisfério Sul. Hoje com a Internet e as tecnologias de informação estamos “unidos” novamente.A Obra “Todos somos um” trata desta reaproximação, que restabelece os fortes laços culturais e sanguíneos que unem America e Africa num verdadeiro hibridismo cultural. A obra 2, propõe a reflexão acerca da cultura brasileira que não trazem a marca da cultura africana, desde a língua, a religião a musica, a dança a culinária e a arte popular em geral. A população brasileira vem reconhecendo cada vez mais suas origens africanas. Hoje, segundo o IBGE, 55,8% da população se reconhece preta ou parda. A obra, “Meu Lugar”, através da grandeza da figura busca reforçar o que já é evidente, e instigar o olhar do observador para sua luta justa por mais respeito, equidade e direitos. E a obra 3, pontua a realidade brasileira com recorte no século XVI onde se iniciou a escravatura, onde por mais de 300 anos, cerca de 13 milhões de africanos foram retirados de seu país e levados para as Américas. Foram submetidos a violência, maus tratos sem “voz” e direitos. Hoje lutam por seu espaço e reivindicam seu lugar. A obra “Estou aqui” pretende falar deste negro, suas origens e sua luta por reconhecimento. Ele não será mais ignorado, “está aqui” e para ficar.

Sobre a artista

55BDB28F-5DAE-400A-A173-24726B443E08__1_-removebg-preview.png